2004/11/18

O tabaco nos restaurantes 

Na sequência de uma discussão nos comentários de um post no Blasfémias, eu resumiria a minha opinião deste modo:

1) fumar não é um acto pessoal, no sentido em que afecta outros (ao contrário de comer gorduras excessivas, por exemplo);

2) é uma questão de salubridade como qualquer outra num local cuja função principal é dar de comer (por isso é que existem licenças de funcionamento);

3) também é um local de trabalho para os seus empregados, que não devem ser obrigados a suportar o fumo dos clientes.

2004/11/04

Mal por mal... 

Entre um indeciso que ainda ia ter que experimentar governar os Estados Unidos, e alguém mais determinado que já sabe que fez asneiras... Talvez seja preferível Bush a Kerry. O primeiro já pode corrigir os seus erros, o segundo ainda teria que os cometer.

Nenhum deles me convenceu. Mas tenhamos alguma esperança: se Bush fosse tão idiota como por vezes o pintam nunca teria sido reeleito.

This page is powered by Blogger. Isn't yours?